quarta-feira, 1 de junho de 2016

Redefinindo os fundamentos

Quer você goste ou não, estamos vivendo em um tempo quando os paradigmas estão mudando. E eles estão mudando intensamente e rapidamente. Tão rápido que nós estamos sendo pegos despreparados. Não conseguimos adaptar a uma mudança e uma outra já está a caminho.
Nós somos a geração do meio. As pessoas antes de nós, não tem a mínima ideia de como lidar com estas mudanças, e a geração depois de nós está acostumada com isso. Para eles, isso é normal.
O maior problema que enfrentamos é quando esses saltos são grandes demais, forçando-nos a reajustar a nossa visão do mundo. Isso é algo que nossos pais não nos contaram. Estas coisas não eram nem um rascunho em nossas aulas na escola, e nós não esperávamos por elas.
Estamos testemunhando uma redefinição de muitas coisas em nossas vidas que pensamos que eram imutáveis. Treme o chão sob nossos pés e não sabemos como lidar com isto e nem sequer como interpretá-lo. As pessoas estão mudando, a política está mudando, países estão mudando, a família está mudando, e a igreja está mudando.
Mas existem alguns fundamentos que alinham todos os outros aspectos de nossas vidas. Infelizmente, estamos assistindo a uma tentativa de redefinir e alterá-los também. Se isso acontecer, este mundo vai desmoronar e vamos entrar em uma era extremamente sombria.
1. Deus - O primeiro e mais importante fundamento é a pessoa de Deus. As pessoas nas igrejas costumavam saber sobre Deus, quem Ele é, Sua vontade, Seu caráter, Sua personalidade, etc. Hoje, Deus tornou-se mais fluido. Pessoas o definem de acordo com suas categorias pessoais e sentimentos. Deus é quem eu quero que Ele seja.
2. Sua Palavra – As Escrituras também estão sendo redefinidas. As pessoas não encontram mais autoridade nas Escrituras quando elas olham para ela. A Bíblia é considerada um livro antigo com algumas boas ideias sobre algumas áreas da vida. As pessoas agora têm a autoridade para escolher o que é certo e errado na Bíblia, assim sendo cada um de nós está reescrevendo as Escrituras de acordo com nossas preferências.
3. A Igreja - No passado, a igreja era a Congregação dos remidos, dos discípulos. As pessoas vinham à igreja porque elas fizeram uma decisão pessoal de seguir a Jesus e Seus ensinamentos. Hoje, a igreja está se tornando um clube social e um partido político. Reunião de oração é parte de um passado esquecido, estudo da Bíblia e Escola Dominical são usados para discutir notícias de jornal e atualidades. As pessoas vêm para os cultos para se sentir bem.
4. A Missão - Jesus foi claro para seus discípulos sobre Sua missão. Hoje as igrejas estão redefinindo a missão. Igrejas estão se envolvendo em política e agendas sociais pensando que isto é como se faz discípulos, ou como se prega o Evangelho. No final as pessoas estão fazendo tudo o que elas querem fazer, e eles acham que essa é a missão da igreja. A proclamação do evangelho está sendo removida de nossos púlpitos e classes de Escola Dominical e em seu lugar temos boas piadas e estórias que nos fazem sentir bem.
Bem-vindo à época pós-cristã. Que Deus tenha misericórdia de nós!
Tenha uma semana abençoada,
Pastor Lucas

2 comentários:

Claudio Celino disse...

Querido pastor, peço licença para compartilhar esse texto em minha página do Facebook.

Claudio Celino disse...

Querido pastor, peço licença para compartilhar esse texto em minha página do Facebook.